Pular para o conteúdo principal

Postagens

PROPÓSITO DO BLOG

Esse blog tem por objetivo principal despertar a Igreja de Jesus Cristo, para trabalhar em prol da necessidade do reino de Deus. O tempo tem se passado, a promessa de Atos 1:8 já nos foi dada, onde Deus nos capacitou com revestimento de poder, com um propósito definido: testemunhar tanto em Jerusalém, Judéia, Samaria e até os confins da terra. O que temos feito com Espírito Santo em nossa vida? Estamos trabalhando como servos, ou estamos buscando a quem possa nos servir? Em Mt 20:28, vemos que Jesus não veio para ser servido, mas para servir, dando a nós o exemplo de trabalho. Então, o nosso propósito maior nesse blog é chamar a atenção dos que já desanimaram e estão quase parando.

SEJA MAIS UM PESCADOR DE ALMAS !

Reencarnação: Teoria ou fato?

A teoria da reencarnação é a principal doutrina do espiritismo. Tudo no espiritismo se centraliza nessa palavra. Embora AK não goste de admitir a palavra dogma, chega a afirmar que a reencarnação é um " dogma". A palavra reencarnação é formada de dois vocábulos: 1) re (que indica repetição) e 2) encarnar (tornar a tomar corpo ou tornar-se carne). 

Significa, pois, o vocábulo reencarnação tornar a tomar corpo. A frase célebre esculpida no túmulo de AK, em Paris, sintetiza a doutrina ensinada por ele: "Nascer, morrer, renascer e progredir sempre; esta é a lei. 

Allan Kardec assim define a reencarnação: "A reencarnação é a volta da alma à vida corpórea, mas em outro corpo especialmente formado para ela e que nada tem de comum com o antigo." Ainda explica ele que: "A pluralidade das existências, difere essencialmente da metempsicose, em não admitir o espiritismo a encarnação da alma humana nos corpos dos animais, mesmo como castigo. Declara que as almas não reg…

MARIOLATRIA

2Cor.4.4 - Nos quais o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus. (Revista Corrigida Fiel)


CATOLICISMO E MARIA

"Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem" I Timóteo 2:5

O catolicismo Romano dá grande notoriedade a Maria, mãe do Senhor Jesus Cristo. A Palavra de Deus apresenta Maria como uma mulher simples, humilde e religiosa e se refere a ela apenas cinco vezes. Essa "serva do Senhor", como ela se autodenomina, tem sido tomada pelo Catolicismo e recebido lugar de divindade. Alguns dos muitos títulos que Maria tem recebido do Catolicismo são: Santa Mãe de Deus, Mãe de Nosso Criador, A Virgem mais Prudente, Porta do Céu, Conforto dos Aflitos, Rainha dos Anjos, Rainha de Todos os Santos e Rainha do Rosário.
Os católicos possuem imagens de Maria, beijam-nas, queimam incenso perante elas e, descobrindo suas cabeças, repetem oraçõ…

Para que se cumprisse a Escritura.

João 19:17-22 "E, levando ele às costas a sua cruz, saiu para o lugar chamado Caveira, que em hebraico se chama Gólgota, Onde o crucificaram, e com ele outros dois, um de cada lado, e Jesus no meio. E Pilatos escreveu também um título, e pô-lo em cima da cruz; e nele estava escrito: JESUS NAZARENO, O REI DOS JUDEUS. E muitos dos judeus leram este título; porque o lugar onde Jesus estava crucificado era próximo da cidade; e estava escrito em hebraico, grego e latim. Diziam, pois, os principais sacerdotes dos judeus a Pilatos: Não escrevas, O Rei dos Judeus, mas que ele disse: Sou o Rei dos Judeus. Respondeu Pilatos: O que escrevi, escrevi."
Esse texto é simplesmente glorioso, quando olhamos numa ótica espiritual. Quando observamos o que Pilatos disse como resposta para os principais sacerdotes, acreditamos que tudo estava no controle do Pai. Tudo aconteceu como deveria acontecer, ou seja, "o Verbo se fez carne", e esse mesmo Verbo se entregou por amor a nós. Era necess…

Atalaia, eu?

“A ti, pois, ó filho do homem, te constituí por atalaia sobre a casa de Israel; tu, pois, ouvirás a palavra da minha boca, e lha anunciarás da minha parte.
Se eu disser ao ímpio: Ó ímpio, certamente morrerás; e tu não falares, para dissuadir ao ímpio do seu caminho, morrerá esse ímpio na sua iniqüidade, porém o seu sangue eu o requererei da tua mão.
Mas, se advertires o ímpio do seu caminho, para que dele se converta, e ele não se converter do seu caminho, ele morrerá na sua iniqüidade; mas tu livraste a tua alma.”  Ezequiel 33:7-9

Em 593 a. C., Deus exortava o homem por causa dos seus erros. Hoje, Deus continua sendo o mesmo em relação ao pecado. Ele colocou sobre a Sua igreja a tarefa de vigiar. Não só vigiar para si mesmo, mas vigiar como forma de alerta, advertindo o pecador sobre o seu pecado, pois aquele que não assim fizer será culpado juntamente com o pecador. Que dura palavra esta, não é?
Entendemos que Ezequiel, na sua natureza humana, não queria advertir o povo de seus erros, …

Entendendo um pouco sobre 1 João 5:14