Pular para o conteúdo principal

CASA DE ORAÇÃO OU COVIL DE SALTEADORES

Resultado de imagem para casa de oração ou covil

Lucas 19:46: "Dizendo-lhes: Está escrito: A minha casa é casa de oração; mas vós fizestes dela covil de salteadores."

Em 2 Crônicas 3:1 vemos: "E começou Salomão a edificar a casa do Senhor em Jerusalém, no monte Moriá, onde o Senhor aparecera a Davi seu pai, no lugar que Davi tinha preparado na eira de Ornã, o jebuseu." Havia o desejo no coração de Davi de edificar o Templo, mas como ele tinha ido a várias batalhas, derramado sangue, Deus disse que não seria ele o construtor do Templo, passando essa incumbência para o seu filho Salomão. Após a construção do Templo, a Arca da Aliança foi introduzida no Templo como vemos em 2 Crônicas 5:2: " Então Salomão congregou em Jerusalém os anciãos de Israel, e todos os chefes das tribos, os chefes dos pais entre os filhos de Israel, para fazerem subir a arca da aliança do Senhor, da cidade de Davi, que é Sião".Isso era a representação máxima do Templo, a presença de Deus Naquele lugar. Em 2 Crônicas 5:12-14 podemos observar que a glória de Deus impactou todos que estavam presentes:
"E os levitas, que eram cantores, todos eles, de Asafe, de Hemã, de Jedutum, de seus filhos e de seus irmãos, vestidos de linho fino, com címbalos, com saltérios e com harpas, estavam em pé para o oriente do altar; e com eles até cento e vinte sacerdotes, que tocavam as trombetas.
E aconteceu que, quando eles uniformemente tocavam as trombetas, e cantavam, para fazerem ouvir uma só voz, bendizendo e louvando ao Senhor; e levantando eles a voz com trombetas, címbalos, e outros instrumentos musicais, e louvando ao Senhor, dizendo: Porque ele é bom, porque a sua benignidade dura para sempre, então a casa se encheu de uma nuvem, a saber, a casa do Senhor;
E os sacerdotes não podiam permanecer em pé, para ministrar, por causa da nuvem; porque a glória do Senhor encheu a casa de Deus."
Já em 2 Crônicas 6: 12;18-21 podemos observar que Salomão orou e verdadeiramente consagrou o Templo, declarando que Deus estariano meio dos homens que alí estivessem, enquanto Deus em concordância com essa oração o respondeu com fogo, aprovando aquele lugar e recebendo os sacrifícios ali oferecidos( 2 Cr 7:1). Foi quando Deus deu a Sua palavra em 2 Crônicas 7:14-16 que ouviría a oração que se fizesse naquele lugar, isso na condição do seu povo se humilhar e se converter dos maus caminhos.
Toda esse relato bíblico é tremendo! O tempo se passou e nós sabemos que este mesmo templo foi destruído por Nabucodonosor, e que bem mais pra frente Esdras o reergueu juntamente com Neemias. Enfim, o que quero dizer com todo esse relato de 2 Crônicas é que antes de entendermos o que realmente aconteceu lá em Jerusalém na época da Páscoa,(Lc 19:46), precisamos entender o valor da Casa do Senhor. Qual o significado da casa de Deus para mim e para você? Como nos comportamos dentro dela?
Jesus quando chegou no Templo viu os judeus comercializando seus animais lá dentro, a fim de vender para aqueles que subiam até Jerusalém, com a finalidade de sacrificar ao seu Deus. Que reação profunda de Jesus.Ele expressou com muita precisão o que estava acontecendo: transformaram a casa de oração em comércio! Será que hoje é diferente? Como podemos diferenciar a Casa de oração do Covil de salteadores?
A partir de agora, veremos alguns comparativos reais e atuais, para podermos entender e analisar o que está acontecendo TAMBÉM em nossa época:
Na Casa de oração Deus é adorado, enquanto no Covil, o homem é idolatrado; na Casa de oração a salvação é o principal, enquanto que no Covil, o dinheiro é a prioridade; na Casa de oração há reverência, enquanto que no Covil falta temor e tremor; na Casa de oração Deus é Senhor, enquanto no Covil, Deus é o servo; na Casa de oração, os servos dão de graça o que de graça receberam, enquanto no Covil a Palavra é comercializada.

Amados, lembremos da Palavra que nos diz:

"Pelo que, tendo recebido um reino que não pode ser abalado, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus agradavelmente com reverência e piedade; porque o nosso Deus é um fogo consumidor" Hebreus 12:28-29
"Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua atsúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos e se apartem da simplicidade que há em Cristo". 2 Coríntios 11:3
Estejamos alertas, para podermos ajudar a outros que estão sendo enganados! 

Deus vos abençoe.

Autoria: Marlene Mello


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que significa "Afasta de mim esse cálice"?

“E adiantando-se um pouco, prostrou-se com o rosto em terra e orou, dizendo: Meu Pai, se é possível, passa de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres” (Mt 26:39)
 Uma notável discussão surge com relação ao verdadeiro significado do “cálice” citado por Jesus em Mt 26:39-42; Mc 14:36 e Lc 22:42.
 Essa discussão envolve: 1. A afirmação de que este cálice seria o medo de Cristo frente ao martírio que viria a acontecer; 2. A afirmação de que este cálice seria o medo de Cristo frente ao desconhecido que estaria por vir; 3. A afirmação de que este cálice seria o horror e a angústia que Cristo sentia diante do fato de saber que estaria sendo levado frente ao julgamento Divino.
 Com isso estabelece-se a discussão, e por isso se faz necessário analisar cada uma das afirmações citadas na busca pela compreensão do real significado do texto bíblico.
1. Medo frente ao martírio que viria a acontecer.
 Será que Cristo tinha medo de morrer?
 Ora, por diversas vez…

Salmos 90:12

"Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos coração sábio." A cada dia estamos ficando velhos. Partes do nosso corpo já funcionam de maneira diferente ao que funcionavam há alguns anos atrás. Não fique triste por isso. Alegre-se, pois isso está ensinando que a vida terrena não é eterna, pois o melhor já está preparado para possuirmos: um novo corpo glorificado. Quando contamos os nossos dias, valorizamos cada instante proporcionado por Deus. Aprendemos a viver bem aqui, para, assim, conhecermos a verdadeira vida prometida por Deus. Contar os nossos dias é saber que "todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus", é poder dizer "tudo posso naquele que me fortalece", é dizer ao Pai: "seja feita a Sua vontade", é "entregar o caminho ao Senhor, confiar Nele, sabendo que tudo que necessito será acrescentado". Estas são as maravilhas de Deus para os seus filhos. É Ele mesmo que nos convida a contarmos cada …
A profecia bíblica não serve para satisfazer a pura curiosidade nem para especulações malucas ou para “revelações” particulares. Pelo contrário, ela nos fará praticantes da Palavra, cristãos com Jesus no centro de suas vidas, que vivem e agem de acordo com essa realidade. O próprio Senhor nos exorta a analisar o tempo em que vivemos à luz da profecia bíblica. Profecia hoje: sinais dos tempos Quando os fariseus e saduceus tentaram o Senhor Jesus pedindo-Lhe que mostrasse um sinal do céu, Ele lhes respondeu: “Chegada a tarde, dizeis: Haverá bom tempo, porque o céu está avermelhado; e, pela manhã: Hoje, haverá tempestade, porque o céu está de um vermelho sombrio. Sabeis, na verdade, discernir o aspecto do céu e não podeis discernir os sinais dos tempos?” (Mt 16.2-3). Os religiosos daquela época não perceberam que o maior sinal de todos os tempos encontrava-se, em carne e sangue, bem à sua frente, e este era o Salvador Prometido. E hoje, diant…