O que era “um vaso de alabastro”?


Jesus Cristo foi ungido em duas ocasiões com óleo perfumado. Uma vez aconteceu na casa de certo fariseu, na Galiléia (Luc. 7:37, 38), e outra vez no lar de Simão, o leproso, em Betânia. (Mat. 26:6, 7; Mar. 14:3) Em cada caso, o óleo caro foi derramado dum vaso de alabastro.

Esses pequenos vasos de perfume em forma de frascos eram originalmente feitos duma pedra encontrada perto de Alabastron, no Egito. A própria pedra é uma forma de carbonato de cálcio (não devendo ser confundido com o alabastro moderno, sulfato de cálcio hidratado). Usualmente, o alabastro original é branco, mas às vezes contém traços de outras cores, visto que é uma formação de estalagmite.

Apresenta-se aqui um antigo frasco helenístico de alabastro, do Egito. As mulheres que ungiram Jesus nessas ocasiões mencionadas tinham cada uma “um vaso de alabastro” com um caro óleo perfumado. Esses vasos podem ter sido bem similares ao acima, que leva a inscrição “cinamomo” (canela). Extraído: bibliotecabíblica.blogspot.com


Qual o valor da sua oferta para o Senhor?

Ofereça a sua vida em troca de tudo o que Ele fez por nós. Sirva-O por amor e não por interesse. Saiba que o melhor Deus já nos deu que foi o seu Filho Jesus Cristo.

O vaso de alabastro tem que ser derramado por completo e não apenas uma parte. Entregue-se a Ele, ame-O acima de todas as coisas, priorize o Reino de Deus, sirva-O, obedeça-O, entregue o seu tempo, os seus sonhos, os seus anseios, o seu coração, a sua mente. Não se importe com o que vão falar, dê o que de mais precioso há em você. Gaste a sua vida servindo ao Mestre e Senhor Jesus Cristo.


Por Marlene Mello


Nenhum comentário:

Postar um comentário