Pular para o conteúdo principal

Os anjos de Deus


OS ANJOS DE DEUS

APRESENTAÇÃO

É com alegria e muito prazer que escrevo a respeito dos anjos, visto que este é um assunto muito em voga. Diversas teorias e idéias sobre este tema são conferenciados sem haver preocupação com o que a Palavra de Deus realmente esclarece sobre o assunto. Igrejas de anjos espalham-se por toda parte e até Igrejas evangélicas exacerbam os agentes de Deus - esses que deveriam ser bênçãos e não idolatria barata!

Qualquer um que se habilite a falar de anjos deve ter o mínimo de conhecimento das Escrituras Sagradas. Ao explorar o tema referido, não temos a intenção de falar tudo a respeito do assunto, mesmo porque muitas coisas não estão reveladas (Dt.29:29) e outras não sabemos mesmo. O que irei compartilhar é quase tudo que sei, para tentar lhe ajudar e edificá-lo com este ensino. Por isso, boa leitura!

“O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra. Provai, e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nele se refugia” (Sl.34:7-8).


AINDA BEM QUE OS ANJOS ESTAM PERTO

“Não são todos eles espíritos ministradores, enviados para servir a favor dos que hão de herdar a salvação?”(Hb.1:14)

É fato consumado de que os anjos fazem parte da vida de todos os cristãos. Por essa causa temos que procurar conhecermos o máximo a respeito do que a Bíblia nos revela. Conhecendo bem a Palavra nos ajudará a não sermos enganados pelo diabo e seus demônios (que são anjos caídos). “E não é de admirar, porquanto o próprio Satanás se disfarça em anjo de luz(IICor.11:14). Discernir é a nossa missão e responsabilidade, visto que a Palavra está à nossa disposição para examinarmos a vontade.

CULTO AOS ANJOS

Eu, João, sou o que ouvi e vi estas coisas. E quando as ouvi e vi, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava, para o adorar. Mas ele me disse: Olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus (Ap.22:8-9).

Existem varias religiões que cultuam os anjos realizando assim o que poderíamos chamar de “angelolatria”. Nunca vimos tantos bruxos e feiticeiros falarem sobre anjos. Muitos desses nunca tiveram o menor contato com a Bíblia e a sua teologia. Escrevem e recebem suas “revelações” tudo através de falsos sonhos e contatos com seres iluminados. Após isso, eles escrevem livros e mais livros, e colocam tudo o que escreveram como verdade para um publico místico e sem um pingo de senso de Deus e sua Palavra. Com o passar do tempo tudo isso está se tornando um comércio lucrativo e diabólico; velas, fotos angelicais, livros, incenso, pingentes, chaveiro e muito mais que está formando um império que enriquece esses verdadeiros charlatões “espirituais”. Saibam que é pecado adorar a criatura invés do Criador. O que me deixa mais triste é o fato de haver até Igrejas Evangélicas adorando anjos. Vou explicar como é essa idolatria dentro das Igrejas, mas primeiro leiamos:

“Ninguém se faça árbitro contra vós outros, pretextando humildade e culto dos anjos, baseado-se em visões, enfatuado sem motivo algum na sua mente carnal”.(Cl.2:18)

Observemos o texto acima, o qual esta relacionando duas frases; culto aos anjos com visões carnais. Gostaria, que meu amado leitor, entendesse que; tudo que chama a atenção para si, tirando a glória do Senhor Jesus, é idolatria. O centro do culto tem que ser a glorificação do Senhor Jesus, nada deve ou deveria chamar a tenção para si. Observemos que, nesses cultos “angelicais”, quando alguém “vê” um anjo o povo fica pasmo e inflamado, como se aquele anjo fosse o próprio Cristo. Saibam que nem sempre a presença de um anjo indica a presença de Deus, vejamos na Palavra: “Disse mais o Senhor a Moisés: Vai, sobe daqui, tu e o povo que fizeste subir da terra do Egito, para a terra a respeito da qual jurei a Abraão, a Isaque, e a Jacó, dizendo: a tua descendência a darei. E enviarei um anjo adiante de ti (e lançarei fora os cananeus, e os amorreus, e os heteus, e os perizeus, e os heveus, e os jebuseus), para uma terra que mana leite e mel; porque eu não subirei no meio de ti, porquanto és povo de cerviz dura; para que não te consuma eu no caminho”(Ex. 33:1-3).
O profeta Daniel (Dn.8:27) quando teve a visão do anjo do Senhor quase morreu e ainda ficou três dias de cama. Daniel era um homem consagrado e experimentado na obra do Senhor, mas sentiu o peso da visão. Saibam que ver anjos é assunto sério, tem que haver preparo, consagração e principalmente propósito. Acredito que sempre que um servo de Deus tem uma visão há um propósito por trás disso. Foi assim com Daniel, Isaías, Jeremias, Ezequiel e muitos outros e sempre com propósitos. Deus não fica mostrando anjos para matar curiosidades de homens ou para que creiam nele. Anjos são mensageiros e mensageiros só se deslocam a algum lugar quando há uma missão e propósito. Gostaria de frisar que as visões angelicais nunca vem acrescentar nada a Palavra de Deus e sim confirma-la, como em todos os casos citados acima. Leiamos: Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregasse outro evangelho além do que já vos pregamos, seja anátema. Como antes temos dito, assim agora novamente o digo: Se alguém vos pregar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema (Gl.1:8-9).
OS MINISTÉRIOS DOS ANJOS

- Com Cristo: Predisseram o seu nascimento (Lc.1:26-33); anunciaram seu nascimento (Lc.2:13); Protegeram a criança (Mt.2:13); Fortaleceram a Jesus depois da tentação (Mt.4:11); Estavam preparados para defendê-lo (Mt.23:53); Confortaram-no no Getsêmani (Lc.22:43); Rolaram para longe a pedra que fecha o sepulcro do Senhor (Mt.28:2); Anunciaram a ressurreição (Mt.28:6).

- Com os crentes: Os ajudam (Hb.1:14); Estão envolvidos com as respostas de orações (At.12:7); Observam os crentes e suas experiências (ICor.4:9; Itm.5:21); Os encorajam em casos específicos (At.27:23-24); Estão interessados nos esforços evangelísticos (Lc.15:10; At.8:26); Ministram aos justos na hora da morte (Lc.16:22; Jd.vrs.9).

- Com as nações: O arcanjo Miguel parece ter um relacionamento estreito com Israel (Dn.12:1); Os anjos estão envolvidos nos juízos da Tribulação (Ap.8; 9; 16).

- Com os descrentes: Anunciam juízos iminentes(Gn.19:13;Ap.14:6-7); Aplicam o juízo divino (At.12:23); Agem como ceifeiros na separação no fim dos tempos (Mt.13:39). (Bíblia Anotada)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que significa "Afasta de mim esse cálice"?

“E adiantando-se um pouco, prostrou-se com o rosto em terra e orou, dizendo: Meu Pai, se é possível, passa de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres” (Mt 26:39)
 Uma notável discussão surge com relação ao verdadeiro significado do “cálice” citado por Jesus em Mt 26:39-42; Mc 14:36 e Lc 22:42.
 Essa discussão envolve: 1. A afirmação de que este cálice seria o medo de Cristo frente ao martírio que viria a acontecer; 2. A afirmação de que este cálice seria o medo de Cristo frente ao desconhecido que estaria por vir; 3. A afirmação de que este cálice seria o horror e a angústia que Cristo sentia diante do fato de saber que estaria sendo levado frente ao julgamento Divino.
 Com isso estabelece-se a discussão, e por isso se faz necessário analisar cada uma das afirmações citadas na busca pela compreensão do real significado do texto bíblico.
1. Medo frente ao martírio que viria a acontecer.
 Será que Cristo tinha medo de morrer?
 Ora, por diversas vez…

Salmos 90:12

"Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos coração sábio." A cada dia estamos ficando velhos. Partes do nosso corpo já funcionam de maneira diferente ao que funcionavam há alguns anos atrás. Não fique triste por isso. Alegre-se, pois isso está ensinando que a vida terrena não é eterna, pois o melhor já está preparado para possuirmos: um novo corpo glorificado. Quando contamos os nossos dias, valorizamos cada instante proporcionado por Deus. Aprendemos a viver bem aqui, para, assim, conhecermos a verdadeira vida prometida por Deus. Contar os nossos dias é saber que "todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus", é poder dizer "tudo posso naquele que me fortalece", é dizer ao Pai: "seja feita a Sua vontade", é "entregar o caminho ao Senhor, confiar Nele, sabendo que tudo que necessito será acrescentado". Estas são as maravilhas de Deus para os seus filhos. É Ele mesmo que nos convida a contarmos cada …
A profecia bíblica não serve para satisfazer a pura curiosidade nem para especulações malucas ou para “revelações” particulares. Pelo contrário, ela nos fará praticantes da Palavra, cristãos com Jesus no centro de suas vidas, que vivem e agem de acordo com essa realidade. O próprio Senhor nos exorta a analisar o tempo em que vivemos à luz da profecia bíblica. Profecia hoje: sinais dos tempos Quando os fariseus e saduceus tentaram o Senhor Jesus pedindo-Lhe que mostrasse um sinal do céu, Ele lhes respondeu: “Chegada a tarde, dizeis: Haverá bom tempo, porque o céu está avermelhado; e, pela manhã: Hoje, haverá tempestade, porque o céu está de um vermelho sombrio. Sabeis, na verdade, discernir o aspecto do céu e não podeis discernir os sinais dos tempos?” (Mt 16.2-3). Os religiosos daquela época não perceberam que o maior sinal de todos os tempos encontrava-se, em carne e sangue, bem à sua frente, e este era o Salvador Prometido. E hoje, diant…