Pregue a Palavra




“Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; e desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas”.2º Timóteo 4.2-4:

Esta exortação do apóstolo Paulo nos dá a verdadeira dimensão da nossa responsabilidade como cristãos, ser um instrumento de Deus na transmissão do evangelho a todas as pessoas. Pregar a palavra com responsabilidade, pois temos uma missão a cumprir e ela passa pela pregação da palavra, seja oportuno ou não. Esta missão nos transforma em mensageiros da reconciliação dos homens com Deus, levando-os a conhecerem Jesus como o Cristo, o Filho de Deus vivo. O fato é que os homens, a cada dia mais, estão rejeitando a sua palavra como instrumento da verdade em suas vidas. A cada dia mais eles se afastam dela, não dão a real importância ao que ela pode produzir em seus corações e mentes. Tornamo-nos arrogantes, ignorantes da verdade, não acreditamos que ela possa fazer a diferença em nossas vidas e, por isso, nos afastamos dela; fechamos nossos ouvidos à sua transmissão e não permitimos que seus ensinos influenciem a formação do nosso caráter e moldem a nossa forma de viver. Preferimos acreditar em fábulas, desvios doutrinários que negam a essência da palavra de Deus, que Jesus veio em carne, que morreu na cruz para nos libertar do poder destruidor que o pecado traz e tudo isso, por amor a cada um de nós. Mas, é mais fácil acreditar em nossos próprios delírios de sabedoria, nos comichões de nossos ouvidos, nos desvios de discernimento e nas filosofias mundanas que nos levam para longe do Senhor. É mais fácil tentar encontrar um caminho em meio às nossas próprias necessidades espirituais, tentando transformar em verdades aquilo que acreditamos, mesmo que precisemos negar tudo que o Senhor Jesus nos ensinou. Para isso, os homens têm tentado negar a autoridade bíblica, desmistificar o seu valor espiritual e, principalmente, tentado transformá-la num simples livro de histórias. Mas Jesus continua a nos advertir: “conheça a verdade e ela vos libertará!” Conhecer a verdade, pois ela pode nos libertar de todos os enganos, mentiras e dúvidas que nos impedem de provar da plenitude da verdade que está em Cristo Jesus. Experimentar Jesus é viver em consonância com a sua palavra e permitir que ela guie o nosso caminho, desmitifique as nossas verdades e transforme nossa vida. É só provar!

Só existe dois caminhos, céu ou inferno!!!

Não se deixe enganar, Deus é AMOR, mas tambem é JUSTIÇA e tudo o que esta na biblia que é condenavel aos olhos de Deus, continua sendo condenavel e se quem comete tal pratica não se converter aos caminhos de Deus o seu destino é o inferno, pois Deus vela sobre sua palavra para cumprir, lembre-se que o julgamento se darà pela palavra:

Quem me rejeitar a mim, e não receber as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o há de julgar no último dia João 12:48

Nenhum comentário:

Postar um comentário