Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 3, 2010

Alma e espírito: qual a diferença?

Nas Escrituras, alma e espírito podem ter mais de um significado

Alma e espírito são palavras que podem ter mais de um significado. E, algumas vezes, são usadas praticamente com o mesmo sentido. É o que normalmente acontece com as palavras polissêmicas (quando uma palavra tem muitas significações). Um exemplo comum em português de termos desse tipo é manga, cujo significado deve ser determinado pelo contexto em que é usado. Assim, manga pode referir-se a uma fruta, a um pedaço de tecido e/ou a uma peça de automóvel. Seu verdadeiro sentido, no entanto, dependerá do contexto em que estiver sendo usado, como já falamos.

A palavra alma relaciona-se com as necessidades básicas da vida e até mesmo com a própria vida. Então, poderá ser traduzida por “vida”, “alma”, “criatura”, “pessoa”, “apetite”(ou “desejo”), “mente” e o “próprio ser”. Tudo dependerá do contexto em que estiver sendo empregada.

O Senhor afirmou em sua palavra que a alma pode morrer (Ez 18.4,20), pois, nesse contexto, o termo …

O que é o pecado contra o Espírito Santo?

Referência: MATEUS 12.22-37

BLASFÊMIA = injuriar, caluniar, vituperar, difamar, falar mal.

A Blasfêmia ao nome de Deus era pecado imperdoável no VT - Lv 24.10-16.

Por isso acharam que Jesus era réu de morte porque dizia que era Deus e isto para eles era blasfêmia (Mc 14.64). Compare Mc 2.7 e João 10.33.

A alma que pecava por ignorância - trazia oferenda pelo pecado - Nm 15.27.
Mas a pessoa que pecava deliberadamente era eliminada, cometia um pecado imperdoável - Nm 15.30.

Pecar contra um conhecimento claro da verdade é evidentemente uma blasfêmia contra o Espírito Santo, e por natureza, este pecado faz com que o perdão seja impossível, porque a única luz possível é deliberadamente apagada.

Aquele que cometeu este pecado nunca terá perdão. Toda a igreja pode orar por ele, mas ele nunca será salvo (I Jo 5.16). De fato, a igreja nem deveria orar por ele (I Jo 5.16). Segundo Jesus “é réu de juízo eterno” (Mc 3.29). Segundo Judas 4,12,13 “estão perdidos para sempre.” Segundo II Tm 3.8 “são réprob…

Teria Sansão cometido suicídio?

Vejamos o que diz o texto: “Sansão clamou ao SENHOR e disse: SENHOR Deus, peço-te que te lembres de mim, e dá-me força só esta vez, ó Deus, para que de uma vez me vingue dos filisteus, pelos meus dois olhos. Abraçou-se, pois, Sansão com as duas colunas do meio, em que se sustinha a casa, e arrimou-se sobre elas, com a mão direita numa e com a esquerda na outra. E disse: Morra eu com os filisteus. E inclinou-se com força, e a casa caiu sobre os príncipes e sobre todo o povo que nela estava; e foram mais os que matou na sua morte do que os que matara na sua vida” (Jz 16.28-30).

Não encontramos nenhuma evidência de suicídio, ou de eutanásia. Se Sansão tivesse um desses objetivos, isto é, se desejasse a morte devido à frustração de ter sido capturado pelos filisteus, certamente teve diversas oportunidades para se matar. Se Sansão desejasse acabar com seu sofrimento devido à cegueira e às dores da mutilação, também poderia ter feito alguma coisa antes dessa ocasião. Além disso, a força de S…

Aonde esteve Jesus dos 12 aos 30 anos?

Embora as Escrituras não mencionem detalhadamente as atividades de Jesus entre seus doze e trinta anos, é razoável que Ele tenha permanecido em Nazaré. José segue para Belém, a fim de se registrar como ordenara o Imperador Romano César Augusto. Jesus nasce em Belém e, pouco depois, José, é divinamente orientado a fugir para o Egito. Algum tempo depois, voltou para Israel e novamente, por divina revelação, é orientado a morar na região da Galiléia, mais especificamente em Nazaré.

Para que fosse chamado de Nazareno, obviamente é porque viveu muito tempo naquela cidade. O próprio nome nazareno significa natural de Nazaré (Mt 2.23). As Escrituras não relatam nenhuma outra ocasião em que Jesus tivesse que fugir de Israel devido à ira dos governantes. Outra característica da vida de Jesus foi sua profissão. Ele era carpinteiro. Herdou de José essa arte (Mt 13.55). Se houvesse algum outro evento relevante na vida de Jesus, certamente estaria registrado nas Escrituras. Ouvimos muitos comentári…

CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL

No livreto publicado pela Congregação Cristã no Brasil "Pontos de Doutrina e Fé que uma vez foi dada aos santos", página 19, lemos:

"AOS CRENTES - A Palavra de Deus ensinada à sua Igreja não é para ser discutida, porém obedecida; só assim se honra o Senhor".

Com base nessa instrução, os adeptos da CCB não questionam nada do que o seu fundador Louis Francescon lhes deixou escrito, e do que lhes é ensinado no seu manual de doutrinas, acreditando que tudo "veio do Espírito Santo", mesmo que não concorde com o que está escrito na Bíblia.

Então vejamos:

1.O testemunho de que as igrejas evangélicas são "seitas"
A Congregação Cristã no Brasil (CCB) diz - Francescon relatou no livreto "Histórico da Obra de Deus, revelada pelo Espírito Santo no século atual" (também publicado pela CCB), página 25, o seu testemunho sobre as igrejas evangélicas: "Eis como o benigno Deus começou Sua obra. Pelo batismo da água, segundo o mandamento do Senhor Je…